Hard core é no Esquenta para VI Edição do Dia do Rock

TEXTO ESCRITO PARA PUBLICAÇÃO NO JORNAL VIRTUAL UNICA NEWS SOBRE A SÉRIE DE SHOWS QUE ACONTECERÃO ANTES DO FESTIVAL DO DIA DO ROCK – O ESQUENTA. NO 1º ESQUENTA A BANDA SUCO GASTRICO SP JUNTAMENTE COM AS BANDAS ZUMBI SUICIDA, MALEVAH, RUÍDOS DE HORROR E BELINA 5:15 AM – BANDAS DO CENÁRIO PUNK ROCK HARDCORE –

Entrar para o underground é se deslocar do lugar-comum para viver na própria pele, no corpo que se expõe à cidade, vestido de preto, jacos e coletes, coturnos e camuflados, o inconformismo que se sente diante da desigualdade social, da falta de chance para as minorias, o questionamento sobre as regras, tradição e senso comum e até onde eles não estariam ligados a uma posição investida do poder sobre as mentes…

Incluso a transgressão ao normal, a atitude rock’roll tem em sua história a questão de ser um movimento que se tornou parte da indústria cultural, de comunicação, estética, sendo agregada à produção musical, à distribuições que fluem em todas as partes do mundo, legalizados ou pirata, o conhecimento musical e sua mágica do pertencimento, da identificação e parceria, agrega uma das formas mais prazerosas de aliança: aquela ligada na paixão pela música. No caso o rock and roll e suas correntes.

Se ainda hoje comunica rebeldia, independente de onde se estiver, está coerente com a sua origem linguística no qual rock é uma metáfora para to shake up, to disturb or to incite que significa em inglês sacudir, perturbar ou incitar. Ah sim tudo é feito em ritmo de festa.

Em Mato Grosso o rock se afirma em meio às icônicas figuras regionais, como o caju, o guaraná ralado e a onça do pantanal; às músicas comerciais brasileiras de fácil apelo popular e nenhum senso político ou existencial; resistência diretamente proporcional à distância de capital Cuiabá das grandes metrópoles que por si só produzem naturalmente cultura urbana. É claro que sempre houve a miscigenação graças aos encontros que foram acontecendo e dando vazão à criação de bandas e locais para se tocar. E foi esse contágio, essa espécie de necessidade de rock, de som pesado, de inquietação que deu origem a inúmeras casas noturnas e eventos.

Um desses eventos é o Festival do Dia Mundial do Rock. O Dia Mundial do Rock em Cuiabá desde 2013, já contou com a participação de mais de 100 bandas, e só na 1ª edição atraiu um público de mais de 2 mil pessoas. É considerado 3º maior festival de música do Centro-Oeste e tem como objetivo estimular e mostrar um pouco da produção musical autoral realizada no país. Diversas ações paralelas acontecem e esse ano antecipadas no Esquenta, no qual cinco das bandas do circuito hard core e punk rock tomam o domingão a partir das 16 horas: Malevah, Ruídos de Horror, Belina 5:15 AM e Suco Gastrico SP. São bandas que levam a missão do rock a sério: velocidade e engajamento situam o público do que se trata: a violência das ruas, o destrato do governo, a inexistência de cidadania, tudo aquilo que incomoda ao frio coração pintado de preto.

Belina 5:15 am é uma banda de punk/hard core fundada em 2006 em Tangará da Serra e tem como integrantes Ted (na bateria), Jonathan Queiroz (no baixo) e João Aquino (na guitarra e voz). Ruídos de Horror também é uma banda de punk hard core e tem na sua formação atual Batman (no vocal), Ryuler (na guitarra), Jair (no baixo) e Jean (na bateria). Zumbi Suicida foi formada em 2014 por jovens universitários com intuito de fazer som autoral com influências de hard core, punk rock e pegadas de rap core. No ano de 2017 lançou o primeiro EP da banda, o Ataque Suicida. A banda é formada por Welligton Rodrigues (voz), Luis Dias (baixo), Marcos Amorim (guitarra) e Luan Faveri (na bateria). Como contato para tocar em shows 9445 6716 e instagram @zumbisuicida. Suco Gastrico é uma banda punk fundada em 1988 em São Paulo. Atualmente está situada em Mato Grosso, contando com sua formação atual Andre Beck (voz e guitarra), Ana Paula (baixo) e Marquinhos (na bateria). O blog da banda é www.sucogastrico89.blospot.com. Malevah foi formada em 2010 com um som na pegada Crust D-beat e influências de Grind e Metalpunk. Na formação atual tem Corvo (na guitarra), Kennas (guitarra), Ryuler (baixo e vocal) e Clohenderson (na bateria).

Além de prestigiar as bandas que mandam o estilo punk hard core representativas em Mato Grosso haverá nesse domingo, a partir das 16 horas horário que a casa é aberta, a inscrição para bandas que queiram fazer sua inscrição de seleção para o dia do Festival do Dia Mundial do Rock, em julho.

Então o pessoal da produção do Festival do Dia Mundial do Rock na pessoa de Koringa e sua produção tem o prazer de convidar à população rock and roll de Cuiabá a prestigiar o primeiro Esquenta da sexta edição do Festival juntamente com seus parceiros o estúdio de som e gravação Bebop e o estúdio de tatuagem Becker Tattoo. Um trabalho de boa parceria pois é na BeBop que acontecem a maioria dos ensaios das bandas. Já o estúdio de tatuagem Becker Tattoo, parceiro do Festival pela segunda vez consecutiva, irá sortear no dia do Esquenta uma tattoo do valor de 300,00 reais. O celular para agendamento de ensaios na BeBop é (65) 98144 4818 e para conhecer o trabalho do Becker Tattoo visite seu site www.becktattoo.com.br

Será domingo, dia 17, no Butteko Bar na Rua Prefeito Álvaro Pinto de Oliveira, 99, a 50 metros do Malcom Pub. A entrada do evento é um litro de leite ou um livro para a biblioteca Clóvis de Matos do projeto Inclusão Libertária. Que a atitude rock roll sempre nos acompanhe!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s