Falando de enfrentamentos e apatias sociais

1. Pensando na sociedade e na coesão das lutas sociais: o porquê na sociedade alguns partem para os enfrentamentos e manifestações de seus desejos; outros se estagnam, conscientizados ou alienados em relação ao social; 2. Um plano filosófico: Pensar os enfrentamentos e as apatias pelo viés filosófico NECESSÁRIO POSSÍVEL e IMPOSSÍVEL; 3. PROBLEMA: Quando nos é permitido preferimos viver em segurança e bem-estar, se assim … Continuar lendo Falando de enfrentamentos e apatias sociais

Sobre a aflição do agora

Qual é o nosso problema? O país, os políticos, a herança cultural? A Europa, berço cultural da civilização se encerrou em si mesma. De lá chegaram os portugueses, um tanto desengonçados ao nosso ver… Começo de mundo arrastado e sofrido, um tanto primitivo no que diz respeito ao tratar-se. Falo da herança civilizatória. De qualquer forma fomos nos virando, repetindo o velho vício de odiar … Continuar lendo Sobre a aflição do agora

Link externo para Sobre o lançamento da regravação da música Subsídio – Suco Gastrico SP

Sobre o lançamento da regravação da música Subsídio – Suco Gastrico SP

  A experiência de tocar na banda Suco Gastrico SP atravessa todos os níveis de minha vida, posso dizer que talvez o mais óbvio seja o aspecto Político, pois este envolve aquilo que fazemos com o nosso tempo, como são determinadas nossas escolhas e como desenvolvemos nossas aptidões. Afinal aptidões se realçam quando, ciclicamente, fazemos uso delas no nosso tempo qualquer, que é aquele tempo … Continuar lendo Sobre o lançamento da regravação da música Subsídio – Suco Gastrico SP

Uma leitura do filme Gangues de Nova Yorque – perspectiva da origem da democracia

  O político e o social como dois grandes eixos narram a epopeia da Nova Yorque em 1846 na história da origem da democracia na América, mas ao invés de se manter na visão dos grandes nomes da história,  o diretor Martin Scorsese desloca a narrativa centralizada nas versões oficiais para focar na agitação popular e nas várias camadas que se entremeiam entre as rivalidades … Continuar lendo Uma leitura do filme Gangues de Nova Yorque – perspectiva da origem da democracia

Dias Secos

Como continuar a andar sobre o presente se somos estrangeiros desses tempo? Na grande cidade onde se instalam os repressores/controladores da vida como faremos que nos ouçam ? Com o punk rock a audácia suficiente pra enfrentar os dias secos? Aquelas velhas mudanças estão no fim… Morreu  liberté como uma flor… E eu ainda não aprendi viver… Sem que não haverá nada Sem o que … Continuar lendo Dias Secos

Sociedade disciplinar – uma leitura de Vigiar e Punir, rumo à sociedade de controle

A partir da leitura de Vigiar e Punir realizada em sala de aula no curso de Direito foi proposta uma segunda leitura de diferentes textos, como matérias jornalísticas, ensaios filosóficos e na área do Direito, resumos da obra citada, leituras comparadas etc a escolher. A ideia foi vencer o espanto em relação às obras foucaultianas nos primeiros contatos com sua obra partindo da frequência do … Continuar lendo Sociedade disciplinar – uma leitura de Vigiar e Punir, rumo à sociedade de controle

Anarquismo e território afetivo

A partir das diferenças de luta entre o anarquismo e a esquerda, como os grupos de resistências se dão na contemporaneidade, análise realizada a partir da leitura do autor contemporâneo, o anarquista Wolfi Landstreicher A questão é discutir o território político do autor Wolfi Landstreicher que delineia a luta anarquista a partir dos seus textos intitulados Pensamentos bárbaros – Sobre uma crítica revolucionária da civilização e Da política … Continuar lendo Anarquismo e território afetivo

A Ostentação do Suplício (leitura do capítulo II de Vigiar e Punir)

  “O grande espetáculo das penas corria o risco de retornar através dos mesmos a quem se dirigia” (p.61), a cena do suplício estica a tensa corda entre o povo e o soberano. O espetáculo do suplício produz diferentes possibilidades de se ver a relação entre o povo e poder do soberano. Depois dela surge como prática judicial, um agente do poder e “revelador da … Continuar lendo A Ostentação do Suplício (leitura do capítulo II de Vigiar e Punir)